• 10/08/2015 às 23:56

    Sketchup 2015 + Thea Render 1.4

    1

    Tamanho original em bless3dstudio.com

     

    • Este tópico foi modificado 1 ano, 4 meses atrás por Foto de perfil de Duilio Maciel Duilio Maciel.
  • 11/08/2015 às 07:46

    Muito bom.

    Julgo que o quadro na parede do lado esquerdo está a reflectir a imagem projectada um pouco de mais, e também a imagem projectada na tela devia estar mais ‘rectangular’ – imperfeições propositadas por vezes é bom, mas neste caso de um projector de uma sala de reuniões decente/boa, como esta aparenta ser, é de esperar que o projector esteja minimamente calibrado para apresentar uma imagem com pouca ou nenhuma distorção.

    Também há uma sombra no tecto, quando acaba as duas luzes ao comprido, perto da tela, que não percebo bem.

     

    A imagem em si tem um pouco de grão, no tecto até não está mal, mas nas cadeiras mais próximas parece ser demais, se estivesse um pouco mais ‘limpo’ – não totalmente mas mais um pouco seria ainda melhor. Mas isto é algo que só se percebe na resolução mais alta.

     

    Mas como referi, está muito bom, o que referi são pequenos pormenores.

     

  • 11/08/2015 às 12:02

    Olá, Miguel!

     

    A imagem projetada foi inserida no próprio Thea Render, com o recurso “Projector Light”. Desta forma a apresentação da imagem, incluindo sua distorção e reflexos nas paredes é fiel ao mundo real, criada pelo próprio renderizador. Sua colocação é correta, e em uma sala de reuniões deste nível certamente ela estaria devidamente ajustada. Fiz questão de deixar desta forma para testar o recurso.

     

    Sobre o granulado de forma geral faltaram alguns ajutes que poderiam tê-los minimizado (embora unbiased sempre sobre algum ruído). Porém acabei dormindo e não vi a evolução do render. Quando já estava pronto não quis mais refazer o trabalho.

     

    Muito obrigado pelas suas colocações. Somente com críticas construtivas como as suas podemos evoluir.

  • 11/08/2015 às 14:46

    Compreendo o teste desse recurso de projectar imagem/luz, muito interessante.

    Só referi aquilo porque, em termos de realismo, numa sala de reuniões destas tamanha distorção seria reduzida/eliminada.

    Mas que é interessante essa possibilidade, é.

     

    Pois, o granulado era só mais um pouco de afinação e estava no ponto, não necessitava de ficar ‘limpo’.

    Mas como disse só se nota ao visualizar a imagem em tamanho grande, e apenas em alguns pontos da imagem.

     

    Thea render nunca testei, só li umas coisas.

    Já experimentou renderizar com o Presto que usa gpu e cpu? Se sim, que achou dos resultados vs tempo de renderização?

    É que julgo que por cpu [tr1/tr2] demora bastante a renderizar, mesmo com um bom cpu.

     

  • 11/08/2015 às 20:07

    @_newbe, tá linda essa sala cara! Parabéns!

    Só seguir os pontos levantados pelo Miguel que tá tudo certo!

    Só mais uma observação que acho q vc já percebeu, a mesa não está bem redondinha, tem que melhorar a modelagem.

    Obs.:  Agora vcs podem hospedar as imagens diretamente aqui no site, basta clicar no botão “Adicionar Mídia”.

  • 13/08/2015 às 09:20

    Miguel,

     

    O Thea é sem dúvida uma ferramenta fantástica. Diria que tem total capacidade de competir junto aos grandes do mercado e com um diferencial: o valor da licença é excelente se comparado a outros grandes de mercado.

     

    Quanto ao render via GPU, tenho utilizado sim e os resultados são excelentes. Porém ainda ando mais satisfeito com os produtos finais dos renders tradicionais via CPU, tanto biased quanto unbiased. Quanto ao tempo de render via GPU, dispensa comentários. Nos foruns você vê trabalhos inagreditáveis renderizados na casa dos 3 a 10 minutos.

     

    Quanto ao TR1/TR2, houve um grande avanço se comparado ao MLT do Kerkythea. Esta sala, por exemplo, ficou limpa em 90 minutos (considere a complexidade da iluminação). Veja este trabalho que postei aqui uns tempos atrás: http://sketchupbrasil.com/grupos/thea-render/forum/topic/cena-de-estudos-campo-de-lavanda/

     

    Observe os números e me diga o que acha rs

     

     

     

     

     

     

    Daniel,

     

    Valeu por acompanhar. Essa mesa é archmodels e percebi que era sextavada sim. Na verdade acho que é proposital e isso me agradou rsrs

     

    Abraço!

  • 13/08/2015 às 12:58

    @_newbe

    Sim, o preço da licença torna o Thea Render apelativo.

    Os 90 minutos para a renderização da sala foi (só) com o mesmo i7 3630QM que usou no outro render?

    Muito bom, assim como no render do Campo de Lavanda.

     

    No meu caso o cpu então deve safar-se bem, o gpu era curiosidade para ter feedback de quem tenha testado, a minha gráfica é AMD e julgo que gpu no Thea só com CUDA [ou seja, gráficas Nvidia].

    Tenho que arranjar tempo para testar, mas a parte do gpu não deve dar. Do que percebi só mesmo pelo cpu, mas também dá para colocar um segundo pc em rede a ajudar na renderização, se for para continuar a usar o Thea.

     

    Tenho testado um pouco o V-ray e estava a pensar ir por aí nisto da renderização, mas sou capaz de ler/investigar mais um pouco e dar hipótese ao Thea Render.

     

    Obrigado pelos esclarecimentos e parabéns pelos bons trabalhos que tem colocado aqui.

    Abr

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  • 20/08/2015 às 10:55

    Sim, o preço da licença torna o Thea Render apelativo.

     

    Sim, os 90 minutos para a renderização da sala foi (só) com o mesmo i7 3630QM que usei no outro render.

     

    Sim, render via gpu no thea necessita ter CUDA [ou seja, gráficas Nvidia].

     

    Render em rede é SEMPRE uma boa rsrs

     

    SOu fã do Thea. Certamente não se arrependerá se optar pela troca.

     

    Perdoe as respostas curtas. Anda bem corrido aqui rs.

     

    Abração!