• 13/04/2015 às 10:25

    “[…] Eu confesso abestalhado que eu estou decepcionado […]” Calma ai seu Raul, vamos reescrever esse trecho.
    Que tal: “eu confesso abestalhado que eu estou encantado com esse rapaz chamado V-Ray.

    Até então eu venho/vinha usando o Kerkythea — esse eu não posso falar, diante das minhas necessidades atendeu
    perfeitamente e nunca me deixou na mão — mas sempre fui fascinado pelo acabamento do V-Ray, então aproveitei
    dois últimos projetos que peguei para ver como funcionava. Huuu então assim, eis os resultados.

    Não aceito nenhuma crítica, com o conhecimento que adquiri esses últimos dias, já estou qualificado para dá aula.
    Brincadeira! Digam lá a de vocês e até a próxima. (risos)

    Primeira Cena: Casa

    Segunda Cena: Prédio

    Eu nunca me imaginei criando uma postagem nó tópico do v-ray.

  • 13/04/2015 às 23:59

    Iniciou muito bem no vray!!! Já pode até dar aula… hehehe…

    Bom, algumas sugestões:
    1ª imagem
    – Esse bloco da árvore da esquerda não é muito legal, além dos materiais dele que que não têm texturas e não estão configurados;
    – O vidro não está bem configurado.

    2ª imagem
    – as janelas redondas estão facetadas, tem que colocar mais lados no circulo;
    – O vidro tb não está legal.