Geral

Arquitetura e Urbanismo + Eng. Civil. O que acham?

Visualizando 18 respostas da discussão
  • Autor
    8746 Views Posts
    • #40475


      Participante

      Pessoal, estou cursando ainda o 2º ano do Ensino Médio e pretendo fazer Arqutetura e Urbanismo. Minha amiga, que também quer fazer, disse que acha que ela vai fazer Engenharia Civil para depois fazer Arquitetura.
      Então de dispertaram algumas dúvidas:
      1ª- É verdade que no curso de Eng. Civil, usa-se bastante Física (matéria que eu odeio)?
      2ª- Se eu optar por fazer Eng. Civil e Arquitetura, qual eu faço primeiro? Ou a ordem não importa?

      Valeu!!!
      🙂

    • #40478


      Participante

      1º Engenharia Civil realmente te uma porra de cálculos de física.
      2º Acho que a ordem não importa depende de quem vai fazer, mas eu faria Arquitetura Primeiro.

    • #40483


      Participante

      È Realmente Eng. Cívil tem uns cálculos não muito fáceis tanto em física quanto matemática, e não tem como escapar dela não, também existe vários outros problemas envolvendo matemática e física, não tem como correr deles, eu optei pela arquitetura ainda, e também estou no 2ºAno do Ensino médio. E Eu não falei isso para te desanimar, foi pra te avisar, e melhor ser avisado agora do que quando você entrar no curso e não der conta de sair, foi oque aconteceu com um primo meu.
      Mas enfim quando chegar a hora você vai saber oque fazer 🙂
      Abraços e até mais.

    • #40492


      Participante

      Arquitetura sem dúvida rrsrsrsrsr

    • #40496


      Participante

      Bom, desse assunto posso falar um pouco..rsrrss…Atualmente estou terminando o curso de Arquitetura e Urbanismo, porém cursei até a metade( encontra-se trancado) o curso de engenharia civil.
      Sobre as suas perguntas:

      1) Sim, é verdade que no curso de engenharia civil usa-se muita física e muitas outras matérias de exatas, mas dependendo da universidade de Arquitetura que você escolher, acabará encontrando física, cálculo, mecânica…lógico que mais superficial do que em civil, mas ainda encontrará.

      2)Cara, essa pergunta só você poderá responder…a ordem importará a partir do momento que você identificar-se com o curso, mas a princípio, em termos gerais não importa muito, o que realmente vale é “se achar” em um dos cursos.

    • #40502


      Participante

      Cara, eu faço eng civil, e se vc pretende fazr as duas, sem duvida comece por engenharia, vou te explicar o porque.
      Engenharia, qualquer seja ela, todos tem contas e mais contas, você tem algebra, calculo, física, química, ciências dos materiais, resistência dos materiais, e por ai vai. Realmente você terá muito calculo para fazer.
      Por que falei, de fzr eng primeiro.
      O cara que é engenheiro civil, tem algumas matérias que qm faz arquitetura tbm tem, e tem muito além de arquitetura por sinal, entao qd vc optar por fazr arq dps, vc eliminara várias materias, e fará seu curso de arquitetura em 2/3 anos (isso depende das faculdades que vc for cursar) agr qm é arquiteto, elimina pouca materia de engenharia civil.
      O campo de trabalho para engenhara civil é maior do que para arquitetura, existem no mercado hoje, mais vagas para engenheiro do que para arquiteto…empresas renomadas do setor da construção, sempre há vagas para novos engenheiros, já para arquitetos pouco tem, mas tem tbm não é que não existem, são poucas as vagas.
      Essa é minha opinião brother.
      Eng Civil vc vai ver a parte braba da obra, a terra vermelha msm ahahahha arquitetura é mais carinho com a obra, detalhes e td mais, e pode ter ctz se vc tiver os dois, saíra na frente de muita gente.
      Abraço e boa sorte na sua escolha

    • #40504


      Participante

      N concordo em quase nada com você Thi…

      sobre eliminar matérias, isso é muito relativo, eu mesmo eliminei muitas em engenharia devido ter feito em Arquitetura…uma coisa não tem nada haver com a outra…e consequentemente, terminar o curso mais rápido independe do curso, pois os dois se complementam..então basicamente dá no mesmo…
      O campo de trabalho, até que concordo que para engenheiro existe uma quantidade de vagas maior, porém o de arquitetura é TÃO ou MAIS amplo que o de engenharia.
      rsrs
      só uma discussão salutar Thi…como você mesmo disse, é minha opinião também…

      Abraços!

    • #40505


      Participante

      Minha experiencia, dificilmente daria certo fazer Arquitetura depois engenharia.
      Depois da arquitetura poucos (ou quase ninguem) tem estofo pra aguentar a engenharia. Eu vou usar a Arquitetura pra complementar a minha engenharia.
      De uma coisa estou certo, se dizes que nao gostas de Fisica melhor nem tocar a engenharia pk quem faz engenharia e” um escolhido (pelo menos no meu pais) pk fazemos um curso completo: Edificacoes, estradas e pontes, Hidraulica…nada escapa.
      Melhor ficar na Arquitetura e nos teus projectos contratas um engenheiro.
      Gracas a Deus tou finalizando o meu 3 nuvel em Eng. Civil.
      Boa sorte na escolha.
      Abracos

    • #40627


      Participante

      Nossa, minha amiga, que tbm quer fazer arquitetura e civil, vai fazer a civil primeiro e depois fazer a arquitetura…
      Meu, agora é que eu to indeciso mesmo. eu tenho só dois vestibulares pra fazer pra decidir o que eu vo fazer primeiro mesmo…
      TEENSO… D+

      Mas de qualquer forma as respostas valeram muito mesmo.
      Valeu, pessoal.

    • #40635


      Participante

      1ª- A questão de física e matemática ira te seguir independente de qual curso você escolher entre arquitetura ou engenharia, claro que a engenharia ira aprofundar mais, mas em arquitetura você também ira ver isso, pois é impossível você projetar algo sem ter noção de estrutura e materiais, estou no ultimo ano da faculdade de Arquitetura, faço no Mackenzie, e la abordamos bastante essa questão estrutural, como disseram, existem cursos e cursos para arquitetura, pois é um campo bem amplo…as exatas não são nenhum bixo de sete cabeças se esse é o seu medo rsrsrsrs…
      2ª – Conheço algumas pessoas que fizeram isso e elas não recomendam pois, você ira perder muito tempo, mesmo eliminando algumas matérias, e não te dará uma exposição muito maior, eu recomendo é você fazer uma faculdade de renome e com um curso bom, e se achar necessário faça cursos profissionalizantes técnicos de curta duração.

    • #40682


      Participante

      Faço arquitetura e tenho alguns professores que fizeram engenharia e depois arquitetura. A impressão que tenho e que eles nunca mais voltaram a olhar para a engenharia…
      Alem do “o que” escolha também o “onde”, parece que os cursos variam um bocado na grade e na qualidade. A que eu faço, por exemplo, tem um enfoque no urbanismo muito grande. Foi uma surpresa, pois na mesma faculdade o turno da manhã tem um curso de arquitetura bem mais tradicional.
      Engenharia depois arquitetura pode até ser, mas o contrario acho meio complicado.
      Não seria mais produtivo pós graduação?

    • #42016


      Participante

      Bom, ousarei em participar dessa discussão, pois curso Arquitetura e assim que formar ou talvez antes caso passe na pública aki da minha cidade, estarei cursando Engenharia Civil. Abordarei alguns tópicos:

      -Campo de Atuação: o Engenheiro e o Arquiteto atuam no mesmo setor, e quanto um quanto outro pode entrar no campo um do outro, tanto Arquitetos quanto engenheiros podem fazer Projetos Arquitetônicos e estruturais, claro que com uma certa limitação, Arquitetos tem atribuição para fazer cálculo estrutural digamos de pequeno porte, assim como Engenheiro pode fazer projeto de arquitetura, no entanto, com menor qualidade e com certas limitações.

      Divisão: os Teóricos se dividiram dos Técnicos apartir da revolução industrial, onde a demanda aumentou e surgiu a necessidade de técnicos para atender ao aumento da população, hj muitas décadas depois os técnicos são os engenheiros, e os teóricos os Arquitetos.

      Custo: Bom, se formos comparar o custo do projeto Arquitetônico em relação ao Cálculo Estrutural, o custo do arquitetônico é maior, no entanto, alguns arquitetos não fazem projeto hidraúlico e elétrico, assim cabe ao Engenheiro fazê-los, e na soma dos projetos, acaba-se tendo um valor maior “recebido” para o Engenheiro.

      Formação: O Engenheiro como sendo responsável pelo CÁLCULO, não poderia faltar em sua formação: Matemática, Física, Química, e muito pesado por sinal, lembrem-se estamos falando de um curso superior, nada mais normal que seja difícil, no entanto o Arquiteto não se abstem do cálculo, afinal trata-se também de um curso da área de exatas e tecnológicas, temos cálculo estrutural, temos cálculo de curto de obra, todo tipo de cálculo que cabe dentro de uma obra agente tem que saber, no entanto, trabalhamos com prédimensionamento, e não com o cálculo em si, mas lembrem-se caso o arquiteto queira se aprofundar nessa área ele tem total liberdade.

      PreDimensionamento, o que é isto? Por exemplo, estou fazendo na faculdade um projeto de edifício de uso misto, com andar terréo de lojas com sobre lojas, 2 subsolos de garagem e 12 pavimentos tipo, e temos que projetar os pilares da estrutura no projeto arquitetônico, e trabalhamos com pilares de 80×40, estudamos a carga dos pavimentos, calculamos todos de forma bem básica para termos uma noção do tamanho do pilar que iriamos usar, por fim o que muda, a grande maioria dos pilares serão de 80×40 mas poderam haver alguns pilares que serão de 80×60 ou 100×40 de forma a atender melhor a estrutura, com o predimensionamento impedimos os pilares de atrapalharem na arquitetura, já pensou um prédio cujo pilar de 100×40 cm fique no meio da sala? ou aonde vc pretendia ter uma cama do seu quarto?

      Concluindo: O ideal é dominar as 2 áreas, tanto que é oq eu quero, sugiro vc começar pelo que te agrada mais, na época que entrei em arquitetura tive essa dúvida, queria fugir um pouco do calculo, hoje adoro calcular, sou um dos melhores da minha sala nisso e portanto quero fazer engenharia logo em seguida, quanto as grades e aos descontos de matéria, isso varia muito, desde as instituições que irá cursar até o conteúdo das matérias, não dá pra dizer com certeza qual vc fará que irá reduzir em mais tempo o outro curso, mas eu penso da seguinte forma, quanto mais vc estudar melhor vc será, logo, pra que descontar matérias??

      Abraços e espero ter ajudado.

    • #42600


      Participante

      Quero falar também, por ter conhecimento nas duas áreas, apesar de atuar hoje somente na Engenharia Civil.

      Concordo com muito que o Belezaum falou e gostaria de replicar em cima algumas coisas:

      “-Campo de Atuação: o Engenheiro e o Arquiteto atuam no mesmo setor, e quanto um quanto outro pode entrar no campo um do outro, tanto Arquitetos quanto engenheiros podem fazer Projetos Arquitetônicos e estruturais, claro que com uma certa limitação, Arquitetos tem atribuição para fazer cálculo estrutural digamos de pequeno porte, assim como Engenheiro pode fazer projeto de arquitetura, no entanto, com menor qualidade e com certas limitações.”

      Cabe aqui alguns comentários: Apesar do conhecimento básico dos dois serem semelhantes, podemos notar clara diferença quando temos alguma experiência sobre a expertise de cada profissional. Um arquiteto pode tocar obra? Sim! Certamente e fazem muito bem. Um arquiteto é suficiente em uma obra do inicio ao fim? Não, pois o cálculo estrutural de um arquiteto é limitado, apenas como disse “de pequeno porte”. Então engenheiro pode mais? Não, engenheiro, salvos alguns, tem pensamento prático, quadrado e funcional. Dificilmente um casa projetada por um engenheiro não teriam corredores e tudo mais ou menos na mesma distância, pois são treinados para serem funcionais. Um engenheiro seria suficiente em uma obra? Não! Senão não teriamos grandes paineis, balanços e etc, pois quando apertasse, esses elementos seriam os 1os a serem dispensados da obra.

      Divisão: os Teóricos se dividiram dos Técnicos apartir da revolução industrial, onde a demanda aumentou e surgiu a necessidade de técnicos para atender ao aumento da população, hj muitas décadas depois os técnicos são os engenheiros, e os teóricos os Arquitetos.
      Depende da formação e das origens da universidade. Vou citar Campinas/SP como exemplo, onde temos 2 das melhores faculdades de Engenharia Civil: Unicamp e Puc Campinas. A Unicamp é puramente voltada a pesquisa, teorias e etc, enquanto que a puc forma gente de obra.
      NA arquitetura também tem isso, a puc forma excelentes urbanistas enquanto a unicamp forma excelentes teoricos e estudiosos.

      Formação: O Engenheiro como sendo responsável pelo CÁLCULO, não poderia faltar em sua formação: Matemática, Física, Química, e muito pesado por sinal, lembrem-se estamos falando de um curso superior, nada mais normal que seja difícil, no entanto o Arquiteto não se abstem do cálculo, afinal trata-se também de um curso da área de exatas e tecnológicas, temos cálculo estrutural, temos cálculo de curto de obra, todo tipo de cálculo que cabe dentro de uma obra agente tem que saber, no entanto, trabalhamos com prédimensionamento, e não com o cálculo em si, mas lembrem-se caso o arquiteto queira se aprofundar nessa área ele tem total liberdade.

      Sabe, depois de um tempão na área de projetos estruturais e demais, cheguei a conclusão que o calculo, fisica, quimica e etc é muito utilizado no meio academico, enquanto sentado no banco da universidade. Quando voce se forma e é efetivo do ramo, vale muito da experiência, bom senso e nocao espacial e comportamento dos materiais (sim, geometria especial é fundamental).
      A fisica voce usa pra saber reação e reação, esforcos.
      Quimica utiliza apenas em alguns casos, masn ão aquela quimica de cadeias organicas, ou titulação, etc etc, mas a quimica básica de reagentes, solventes e etc.
      Matemática eu diria que se utiliza mais a algebra.
      Hoje há muitos softwares de calculos e tabelas confiáveis, que tendo noção do que está fazendo, tudo fica simplicado.
      isso claro, falando de engenharia CIVIL.

      MAs nao pense que os arquitetos ficam longe. Um arquiteto precisa conhecer materiais para determinar seu uso no projeto, precisa saber sobre concreto e suas resistencias para dar compatibilidade e viabilidade da sua execução (fisico e financeiro).
      Precisa saber matematica para calcular iluminacao, iluminancia, areas, inclinações, angulos, curvas, raios.. novamente também a geometria se apresenta. Todo arquiteto usa dos porticos para projetar.
      Precisa saber de biologia, botanica, geografia etc para pensar no entorno. Conhecer leis e normas para aprovar projetos.
      Etc etc

      Enfim, acho que a diferenca masi fundamental entre os cursos é saber qual é a sua vontade.

      Não há duvida que um curso complementa o outro.

      Acho que se voce tem tendencia a gostar de criar a obra, pensar em tudo dela, deve fazer arquitetura.
      Se voce gosta de saber e quer ser a pessoa que faz acontecer a criação, deve ir pra engenharia.

      Conheco muitos amigos que são formados nas duas artes e todos optam apenas por uma pra viver, a outra serve apenas de base para algumas decisões.

    • #42608


      Participante

      – Sou Técnico em Edificações e Atualmente Curso Engenharia Civil.

      – Primeiramente, gostaria de PARABENIZAR (BeLeZauM) e (acidwar) pelas respostas neste tópico. Acho que as mesmas foram muito esclarecedoras e “recheadas” de bom senso (o que considero uma característica essencial a qualquer profissional).

      – Gostaria de deixar aqui minha experiência sobre o assunto:

      – A contenda entre Engenheiros e Arquitetos sempre foi grande, haja visto as inúmeras piadas que fazem entre si, e por ocasião do Curso Técnico em Edificações ouvi várias delas.

      – Mas, neste mesmo curso tive professores Engenheiros e professores Arquitetos, sendo assim pude conviver com os dois tipos de profissionais.

      – Sempre gostei mais da Engenharia porque sempre fui um amante da FÍSICA e da MATEMÁTICA, mas, PASMÉM !!! Me apaixonei pela Arquitetura fazendo o curso Técnico em Edificações, mais precisamente quando um professor (Arquiteto), nos apresentou a Obra de Alain de Botton chamada: “A Arquitetura da Felicidade”.

      – Gostaria de deixar aqui alguns conselhos:

      1º Se puder faça primeiro um curso Técnico de Edificações ou Design de Interiores;

      2º Todo aluno de Arquitetura e Engenharia deveria ler o livro de Alain de Botton no primeiro ano de faculdade;

      PARA OS ARQUITETOS “Não é o ângulo reto que me atrai. Nem a linha reta, dura, inflexível, criada pelo homem. O que me atrai é a curva livre e sensual. A curva que encontro nas montanhas do meu País, no curso sinuoso dos seus rios, nas ondas do mar, nas nuvens do céu, no corpo da mulher preferida. De curvas é feito todo o Universo – o Universo curvo de Einstein”.
      (OSCAR NIEMEYER)

      PARA OS ENGENHEIROS “É preciso fazer cantar o ponto de apoio”.
      (AUGUSTE PERRET)

    • #42645


      Participante

      Em tempo: PArede curva não é pratica para morar hahaha, não pendura quadro, nao encosta mobilia, as esquadrias ficam destoantes hehe experiencia própria.

    • #42755


      Participante

      Primeiro, sugeriria pesquisar sobre as reais operações de cada um.
      Eu faço Engenharia e a diferença pra Arquitetura é gritante!

      Engenharia= estrutura em sim, produção , eficiência de produzir e gastar o minimo.

      Arquitetura= parte mais” sentimental”, harmonia de formas,ambientes,etc, parte mais cara .

      eu estou fazendo tecnico pela dificuldade com os calculosextremos que tem na UFRGS, mas se escolher uma particular consegue ter mais facilidade como na PUC, Ulbra,Unisinos.

      Então pense bem,.

    • #42758


      Participante

      Engenharia= estrutura em sim, produção , eficiência de produzir e gastar o minimo.

      Arquitetura= parte mais” sentimental”, harmonia de formas,ambientes,etc, parte mais cara .

      ___________________________________________________________
      Não Mateus. Visão parcialmente errada da arquitetura,sugiro dar uma lida nos post anteriores.

      PS: sou estudante de eng. e arquitetura.

    • #42760


      Participante

      parcialmente sim , mas é oq realemente acontece na faculdade é que arquiteto raramente calcula algo, e quando calcula não é 1/4 do engenheiro, por outro ladio
      arquiteto fica horas e horas se preocupando como que vai ocupar aquele ambiente.

      Bom pelo menos foi isso que vi , quando tive colegas que cursam na UFRGS cadeiras semelhantes as minhas.

      Tanto que em prédios , raramente você vê um responsável técnico que esse seja arquiteto, pela parte estrutural calculista.

      Mas como disse minha opinião, com o que eu vejo meus professores no tencologo e na universidade.

      Obrigado pela lembraça meu caro, sempre é bom aprendermos mais.

    • #42761


      Participante

      parcialmente sim , mas é oq realmente acontece na faculdade é que arquiteto raramente calcula algo, e quando calcula não é 1/4 do engenheiro, por outro ladio
      arquiteto fica horas e horas se preocupando como que vai ocupar aquele ambiente.

      Bom pelo menos foi isso que vi , quando tive colegas que cursam na UFRGS cadeiras semelhantes as minhas.

      Tanto que em prédios , raramente você vê um responsável técnico que esse seja arquiteto, pela parte estrutural calculista.

      Mas como disse minha opinião, com o que eu vejo meus professores no tencologo e na universidade.

      Obrigado pela lembraça meu caro, sempre é bom aprendermos mais.

Visualizando 18 respostas da discussão

Você deve fazer login para responder a este tópico.

© 2020 - SketchUp Brasil, todos os direitos reservados
Desenvolvido por Angelo Rocha, criação de sites, temas e plugins para WordPress.