Outros assuntos

Neoclássico e o preconceito

Este tópico contém respostas, possui 1 voz e foi atualizado pela última vez por  ericks 6 anos, 6 meses atrás.

  • Autor
     |  290 Views Posts
  • #47267

    Boa Noite pessoal, sou técnico em edificações e desejo cursar Arquitetura por este motivo eu me interesso muito por blogs relacionados ao assunto. Esses dias lendo postagens nesses blogs me deparei com um assunto que os escritores (Arquitetos, estudantes de Arquitetura) defendem em unanimidade um lado, que é o do contra, o dito assunto é o estilo Neoclássico, eles dizem que o referido estilo é pra ficar no passado não devendo existir edificações novas com desse tipo, o argumento é que se você não se veste como na Roma antiga então por qual motivo você moraria numa construção daquele estilo? segundo eles os Arquitetos são forçados a pensar em construções neste estilo já que passa a impressão de luxo e vendem bem.
    Fiquei curioso em saber porque não se pode morar assim,aí pensei… poxa é um estilo tão bonito de se construir saem belos edifícios baseados nesta temática, se você perguntar a alguém ela diria que é lindo. Então gostaria de saber a opinião dos Arquitetos daqui do fórum se tive uma impressão errada de que é unanimidade por parte dos Arquitetos ser contra o estilo, e o porque (se contra) não deve existir construções no estilo Neoclássico?

    PS. tentei ser o mais claro possível, desculpem o tamanho do texto e obrigado pela participação.

  • #47270

    Olá Henrique,

    Estou em uma situação parecida com a sua, desejo cursar Arquitetura e sou técnico em design de interiores (Sei que a pergunta foi direcionada à Arquitetos). Também penso como você, acho um pouco preconceituoso dizer não se deve projetar em determinado estilo. Na verdade acho que ser radical demais em qualquer sentido é negativo. Concordo que uma edificação em estilo Neoclássico “dos pés à cabeça” pode ser um pouco demais. Não sei, mas imagine colunas, molduras, mármore, mobília, obras de arte,… me cansa um pouco, para mim tem cara de museu. Quando cursei Design de Interiores aprendi que como profissional temos que respeitar o gosto e estilo do cliente, mas também orienta-lo para que ele não cometa exageros e “more na Roma Antiga”. Eu particularmente considero que saber misturar e equilibrar estilos é a base da Arquitetura e da decoração contemporânea. Atualmente vemos uma preferencia geral por uma arquitetura moderna, mobília moderna, mas na hora de escolher um quadro a preferencia é uma pintura clássica que fica completamente perdida na decoração. Nosso papel é justamente criar algo condizente com os dias atuais e ao mesmo tempo com o gosto pessoal do cliente. Acho que é sim possível usar o estilo Neoclássico. Pode-se projetar uma arquitetura de linhas mais neutras e aplicar o estilo Neoclássico em detalhes que, ao meu ver, farão diferença. Quero deixar claro que isso é minha opinião e que tudo isso para mim é uma questão de gosto. Não tenho absolutamente nada contra aqueles que projetam somente em estilo clássico ou qualquer outro estilo. Já escrevi demais,.. é isso aí .

    PS: minha preferencia é pelo estilo Moderno/Contemporâneo. Pronto acabei!

  • #47271

    FelipeGe eu deveria ter colocado “alguém ambientado no assunto” ao invés de Arquiteto, o Neoclássico que falo não é a cópia de um templo romano/grego e sim o que você falou “arquitetura de linhas mais neutras e aplicar o estilo Neoclássico” ,no post do blog que vi o citado era um prédio residencial (tinha até uma foto) seguindo esse estilo contemporâneo/neoclássico e foi totalmente bombardeado de críticas.

  • #47272

    FelipeGe olha o prédio que citei

  • #47286

    Olá. Aqui na minha cidade existe uma construtora que só faz projetos neste estilo, como a da foto. É a construtora que mais vende e tem obras na cidade. E seus prédios são os mais bonitos na minha opinião

  • #47294

    Henrique, é mais ou menos assim.
    Na verdade, a arquitetura deve ser FUNCIONAL e ESTETICA.

    Pra ser funcional deve suprir as necessidades do cotidiano das pessoas. Obviamente hoje nosso modo de vida não é mais como antigamente, passamos menos tempo em casa, temos outros hobbies, aproveitamos o tempo socialmente de outros modos, enfim…
    Na questão funcional o estilo Neoclassico já não nos serve para nós.

    Masssss, como o que importa é ganhar dineiro (para as construtoras) hoje utiliza-se variações como o Classico-contemporaneo, Vintage, NEO- QUalquercoisa etc… umonte de nome que o pessoal inventou para dizer RELEITURA do estilo.
    Basicamente pega-se o tema, a caracteristica do estilo e emprega no novo processo de construção, com materiais atuais, com tecnologia, com Ornamentos que nao levem tanto tempo para serem feitos, etc…

    De qualquer modo, eu penso que: Enquanto tiver gente que goste do estilo, por que não devemos fazer uma re-leitura???
    Claro que isso não trará um avanço para a Arquitetura, mas nem todo mundo é Le cobusier ou Frank Gehry…

    Enfim, a coisa é complexaaa… bem mais do que eu coloquei aqui…

  • #47299

    Como o Danilo falou hoje em dia fazem apenas a releitura desses estilos, já que o período neoclássico ocorreu alguns seculos atras e é errado falar que edifícios construídos hoje sejam caracterizados como neoclássico. A respeito sobre funcionalidade e estética, acredito que a estética também seja uma função, pois deixa o edifício mais elegante. Talvez o motivo da critica da maioria dos arquitetos hoje quanto aos estilos mais antigos seja quanto ao partido e sua funçionalidade, pois as plantas e as fachadas eram simétricas e muito ortogonais, dificultando qualquer tipo de desenvolvimento de um projeto, pois ambientes possuem tamanhos diferentes,e o uso de adornos e decoração fúteis que nada acrescentam no projeto, apenas tornando muito mais caro, já que naquela época existia sentido e motivo para o emprego disso, e hoje caracterizando como sendo uma coisa “fina”, eu particularmente não gosto e acho muito feio o emprego desse tipo de arquitetura hoje, sempre uso uma linha minimalista em meus projetos, mas estilos arquitetônicos é questão de gosto, e gosto não se discute, principalmente pros arquitetos, se um cliente quer algum edifício que relembre uma arquitetura clássica temos que fazer o melhor possível.

  • #47424

    Então, vamo ve se consigo passa um pouco do pq não gostamos dos “neoclassicos”, (estou indo pro 4º ano de ARQ, n sou arquiteto ainda, so pra consta haha)

    Arquitetura esta mto ligada a historia e a arte, durante os seculos existiram varios movimentos que englobaram não somente arquitetura,

    Esses movimentos eram uma forma de pensamento, conceitos que deveriam ser utilizados, em todas as “partes” da nossa vida (arquitetura, literatura, filosofia, etc…)

    Ai chegamos a parte a pergunta haha, a 2000 anos atras na Grecia/Roma construiam-se edificios que chamamos de classicos, tudo no edificio tinha um porque, a simetria (seres humanos são simetricos portanto edificios serão simetricos), numero impares de portas, pares de janelas, numero pares de coluas, e muitas outras coisas…. tudo isso estava ligado ao pensamento e necessidade da quela epoca, e foram construidas obras incriveis nessa epoca, com o panteão que possui 42m de vão na parte da cupula, a 2000 anos atras isso é um feito e tanto para as tecnicas construtivas da epoca..


    Panteão.

    Bom continuando, apos a idade media (onde a humanidade regrediu em varios aspectos, nessa epoca basicamente os edificios eram empilhar pedra sobre pedra, os 42m de vão do panteão nunca conseguiriam ser feitos com o conhecimento e os recursos que as pessoas tinham) veio o Renascimento que poderiamos chamar de os primeiros “Neo-classicos”(mas sem o termo perjorativo dos neos de hje em dia) nessa epoca as pesoas estvão reaprendendo a construir, então surgiu uma releitura* do neo-classico,

    * O que fazem hje em dia não é releitura do classico, e sim uma “copia”(não é bem essa palavra ainda) muito da mal feita..


    Andrea Palladio – Vila Rotonda

    Bom avançando mais, apos o renascimento tiveram mais alguns movimentos que não vem ao caso agora,

    Finais do Sec XIX inicio do sec XX, era um momento de transição onde os arquitetos estavam “perdidos”, devido a revolução industrial varios avanços nas tecnicas construtivas foram alcançados os arquitetos sabiam como os empregar, mas não sabiam como integrar esses elementos, ai surgiu a 2ª geração de “Neo-classico”, meio misturado com outros “estilos” configuranto a arquitetura ecletica, que é uma salada de fruta,…


    Arquitetura ecletica… qualquer

    Após isso veio o movimento moderno, e pós-moderno, e hoje em dia onde não possuimos um “movimento” que tenha realmente força para que uma geração inteira de aquitetos faça obras seguindo seus conceitos…

    Bom depois dessa longa historia voce me pergunta: e dai??? não te perguntei isso..

    A questão é que os edificios que construimos devem evidenciar a epoca em que vivemos, nosso meio de vida, nossos pensamentos, nosa tecnologia, nossos conceitos,

    Quando fazem um neoclassico, ele é por fora uma coisa e por dentro outra,

    Por fora “remete” a tempos antigos, com janelinhas pequenas, frufrus na fachada e colunas que nao sustentam nada, são só enfeite,

    Ja por dentro tem toda a tecnologia e itens que necessitamos diariamente, ou seja tentam encaixar um circulo num quadrado….

    Um exemplo mais pratico, meio esdruxulo mais serve tbm:

    Voce compra um Porsche, com todos aqueles itens, airbag, freio abs,ebd, ar condicionado digital, teto solar motor turbo nao sei qntos cavalos em baixo do capo, mas em vez do design maravilhoso dele substitua por uma carroceria de um Fort T, é “mesma coisa” que acontece com esses neoclasicos…

    Bom espero ter ajudado a entender um pouco …

    Se falei alguma bobagem por favor me corrijam!!

Você deve fazer login para responder a este tópico.