Projetos em andamento

Projeto de Igreja Gótica

Este tópico contém respostas, possui 1 voz e foi atualizado pela última vez por  Jef Coelho 7 anos, 3 meses atrás.

  • Autor
     |  275 Views Posts
  • #29703

    Ola, carissimos.

    Apos ser aprovado no vestibular pra engenharia civil na UNESP (aguardo Parabens). Estou fazendo uma catedral abacial neogotica. Isto e, uma Igreja de um abade.
    .
    A Igreja e em formato de cruz. Possui 6 altares. Um altar-mor. Que estarana parte demonimada presbiterio (cabeca da cruz) (1). Duas capelas maiores. Uma onde ficara o Sacrario (2) e outra onde ficara o Batisterio (3). Existem ainda dois altares em duas capelas menores(4 e 5) e um no sub-solo na Cripta (capela funeraria) (6). Teremos ainda, a nave, espacço para as pessoas (7). As torres (8 e 9). E a sacristia (10).
    .
    Aki as fotos do altar da Capela do Santissimo(2). A planta coloco numa proxima ocasiao.



    Bem… com o tempo eu coloco a planta pra melhor localização e o resto dessaa capela e de toda a Igreja.
    Digam se ficou legal o estilo.

  • #29708

    Cara parabéns pela Engenharia. Voc é meu Calouro kkkk [tbm faço]. Sobre a Catedral…. Muuito trabalho, hein? rs. EU nao vou falar muito sobre a tal, porque nao saquei muito nao. To meio com enxaqueca aqui, kkkk. Abraços, boa sorte ai na igreja 😉

  • #29740

    parabéns, agora começa uma nova etapa para você.
    estou curioso para ver este seu trabalho que me parece bem interesante. vá colocando aos poucos novas modelagens.
    abraços.

  • #29804

    Parabéns.Ta ficando muito bom.

  • #29900

    Tá ficando bem interessante…
    Vai postando o andamento da modelagem…
    Abraços

  • #29911

    Sugestão: ao invés de postar imagens renderizadas sem textura, com a luz estourando, posta o SketchUp puro, que vai valorizar a tua modelagem. Vai por mim. Poderemos ver melhor os volumes.

    Do mais, parabéns pela aprovação no vestibular.

  • #29921

    alexapareceu

  • #29939

    hahahahaha

    Pô, Padão, também não precisa implicar…rsrs

    2 filhas, uma esposa grávida, trabalho, trabalho, trabalho… É complicado para um “jovem” de quase 30 anos…rs

    De vez em quando eu sumo, mas eu acabo aparecendo!

    Abração!

  • #29983

    Parabéns pela modelagem, ficou boa! Agora fiquei me questionando se as formas e adereços remetem mesmo a releitura da arq. gótica. Apenas um comentário que não tira o valor do seu trabalho! hehehe

    Abraços

  • #29989

    ficou massa. mas vamo trabalhar com os materiais ae 😀

  • #30016

    Obrigado…
    Sim, sim… é um trabalho bem completo. De produção macro e micro. Essas primerias imagens são de um altar. Devia ter começado apresentando a planta, ficaria mais fácil a compreensão. Mas coloquei as imagens pq ja estavam prontas.

    “mas vamo trabalhar com os materiais” engenharia de materais é no outro bloco….rsrs… Blz… vou tentar trabalhar com os materais. Onde baixo um bom pacote de materais pra aplicar?

    “Agora fiquei me questionando se as formas e adereços remetem mesmo a releitura da arq. gótica” De fato muitas coisas fogem à arte gótica no projeto. A começar pelo retábulo. Essa estrutura alta e decorada atrás do altar, ele é típico do barroco, mas neste período certamtne não apresentava arcos de ogiva e elementos pontiagudos, esses últimos são do gótico. O teto da igreja é típicamente gótico, coberto com ogivas e tals… mas não fiz as nervuras arredondadas como na arte gótica, mas sim quadradas. E por ae vai… seria mais especificamente NeoGótico ou KairoGótico… enfim, uma igreja DE INSPIRAÇÃO gótica.

    Estou dando os últimos retoques na planta. Posto em pouco tempo pra vocês verem. Então, começarei a apresentar o projeto do começo e não do meio…rsrs

    Obrigado pelos comentários.

  • #30077

    Bem… como prometido as plantas.

    A planta é em formato de cruz, como é típico na maioria das igrejas (ao menos até alguns anos atrás).

    Aki a planta com algumas notações cromáticas. Amarelo são as paredes (poucas e relativamente finas, própriprio do gótico), preto os pilares (largos e com relevos que dão origem no teto às nervuras das abóbodas), verde água portas internas. Em laranjados são “biombos” como o da capela sistina que dividem o ambiente, são fixos ao pavimento, mas não tapam completamente a visão nem chegam ao teto. Cinza são as portas desses elementos.

    Acerca do teto. Como as antigas basilicas romanas e grande parte das igrejas de rito latino, as igrejas possuem vários niveis de teto. Os interiores são mais altos, os exteriores mais baixos. Permitindo a presença de janelas para iluminação e ventilação na parte mais alta das paredes laterais.
    Aki em vermelho o nivel mais alto do teto, em verde o nível médio e em azul o nível mais baixo. Em amarelo está a área que pertencerá às torres.

    Parte trazeira (leste) da Igreja. Onde ficará o presbitério ao centro (1) e as capelas aos lados.

    Braço da cruz, onde ficará a Capela do Santíssimo (com o sacrário) (2). Do lado esquerdo, de mesmas medidas, ficará a capela-batistério. Essas duas serão as capelas maiores (3).

    Medidas gerais.

    Medidas, mostrando o presbitério(1), parte da nave (7) e parte das capelas maiores (2 e 3).

    Medidas. Mostra as portas laterais e seus átrios (espaço entre a porta e o local em que se assiste a missa (7). Mostra abaixo parte das capelas menores (4 e 5), que serão vistas de um melhor ângulo em outra visualização.

    Medidas da parte frontal da igreja, apresentando as torres, a porta frontal, o átrio frontal, as capelas menores (4 e 5). Essas são os quadrados médios fechados com porta para a nave.

    Enfim, plantas é isso. vou fazer depois a marcação do local das escadas, tanto as que sobem quanto as que descem e mostrar a planta dos outros pisos. Abaixo, a cripta (capela fúbebre) (6). Acima, apenas os outros andares das torres e o local onde ficam aqueles que cantam.

    Ficou claro? Perguntas?

    Numa próxima postagem vou mostrar uma construção parcial da igreja, para vocês poderem entender melhor como será o aspecto interno e como será a questão do nível dos telhados, e tals…

    Comentem, por favor.

  • #30078

    A explicação do kairogótico é boa…
    um “Senhor” trabalho, vamos acompanhando.

  • #30093

    Carambaa. Que igreja mais trabalhosaaa mano *–*

  • #30094

    Pois é… mas acho que vai ficar bem legal. Ela junta muitas coisas que eu sempre imaginei na “igreja ideal”. E depois, tempo eu tenho…

  • #30098

    Pra tornar mais claro como será a igreja verticalmente falando fiz um esquema com medidas.

    Esquema. As cores representam os níveis de cobertura (as mesmas de uma planta anterior)

    A mesma coisa, só que com medidas. Os elementos em branco são os pilares e sobre eles pináculos. Pilares largos da arquitetura gótica e pináculos altos e pontiagudos encimando os pilares. Em cor, de baixo pra cima: a cobertura em abóboda ogival, madeiramento do telhado e, exceto para o vermelho, arcoborrante (se não me engano o nome é esse msmo). Esse elemento serve para transmitir a tensão centrífuga que as abóbodas fazem nos pilares interiores para os mais exteriores.

    Apresentarei:

    *Prints da atual construção da Igreja (para lhes proporcionar uma visão ampla do que está sendo construído)
    *Cada uma das partes que fazem parte deste piso, 1, 2, 3, 4 e 5. Por partes, como Jack Stripador!

    Posteriormente passaremos aos outros pisos, torres, fachada, etc…

  • #30165

    Como prometido, aki algumas figuras do altual nível de construção da igreja.

    Uma visão frontal. Pode-se notar onde estão as abóbodas já, observar bem a colocação das colunas e a diferença de seus tamanhos (falta o telhado da parte superior), mas são nítidos os três níveis.

    Aki uma visão latera da igreja, do lado norte. É facil reconhecer o local onde estará a porta lateral.

    Uma visão da nave central (7), tendo ao fundo uma visão do altar-mor (1). Observa-se as abóbodas que cobrem o teto.

    Uma visão similar a anterior, mas sem o piso, mostrando mais detalhadamente como será a cobertura interna.

    Visão de baixo pra cima. Cada X na planta representa um elemento de constituição do teto. Nesta figura se observa esses elementos, bem como sua junção com os pilares.

    Aqui se pode observar bem os arcos que separam a nave central da lateral. (7)

    Em foco na imagem, a abertura das nervuras do pilar na formação das nervuras das abóbodas, algo típicamente gótico. Entratando, as nervuras são são arredondadas, mas quadriformes.

    Vista superior, destacando a posição do altar-mor. Do altar da capela do Ssmo. e do Altar da Capela do Batistério.

    Espero que vocês estejam gostando. Na próxima parte apresentarei os elemtos que formam esse piso um por vez.

    Comentários, perguntas?

  • #30167

    Otimo mano, muito bom mesmo.

  • #30170

    Kaironeves escreveu:
    Como prometido, aki algumas figuras do altual nível de construção da igreja.

    Belo trabalho de modelagem, só uma duvida, os arcos estão subdivididos propositalmente ou vc não soube onde aumentar os segmentos da curva?…acredito que teria ficado mais suave…

  • #30175

    JefCoelho escreveu:

    Kaironeves escreveu:
    Como prometido, aki algumas figuras do altual nível de construção da igreja.

    Belo trabalho de modelagem, só uma duvida, os arcos estão subdivididos propositalmente ou vc não soube onde aumentar os segmentos da curva?…acredito que teria ficado mais suave…

    Não entendi bem o que você disse, mas tenho quase certeza que é a segunda opção…rsrs Pode me explicar melhor?

  • #30191

    Não entendi bem o que você disse, mas tenho quase certeza que é a segunda opção…rsrs Pode me explicar melhor?

    Sempre que vc faz um circulo ou uma curva, vc pode aumentar o numero de segmentos, que no Skechup tem de padrão 24 segmentos num circulo. Esse numero até funciona, quando vc usa uma escala pequena para esta forma, porem quem vc aumenta, percebe-se que a curva fica quebradiça.

    Pra mudar isso, vc clica em cima da borda do circulo ou na curva com o botão direito do mouse e clica em “Informações da Entidade”, depois abrira uma janelinha onde aparece o numero de segmentos atual, eu geralmente multiplico por 10 o valor, para mim fica um resultado mais suave.

Você deve fazer login para responder a este tópico.