Destaque de Outubro – 2015

Garagem de Residencial

Autor: Fábio Silva

Softwares Utilizados: SketchUp, V-Ray e Photoshop

Tópico: Garagem de Residencial

garagem

Entrevista com o Fábio Silva:

Por que você utiliza o SketchUp em seus trabalhos?

Meus clientes decidiram isso na verdade, iniciei com o SketchUp, ao longo de um ano me preparei com um outro software que me entregaria mais possibilidade de realismo nas cenas, acreditava que o sucesso do meu trabalho era entregar uma cena mais realista, quando tentei migrar fiquei surpreso pois meus clientes mais frequentes preferiam que continuasse nossa parceria com SketchUp, que é a ferramenta de trabalho deles também, com isso nossa integração tinha maior fluidez e quanto a qualidade estava superando as expectativas deles.

O que te levou a escolher o V-Ray como renderizador de seus projetos?

O realismo que poderia ser alcançado foi um dos fatores, outro fator foi o acesso ao conteúdo, que apesar de ser escasso na época era o que mais tinha informações disponíveis, mas o determinante foi estar presente em vários softwares de modelagem 3D que me possibilitaria uma migração se necessário sem grandes sofrimentos.

Há quanto tempo você trabalha com o SketchUp e V-Ray?

Há uns 8 anos eu comecei a usar para desenhar um projeto pessoal e então virou hobby e há mais ou menos 4 anos uso profissionalmente.

Este é um estudo ou uma imagem para ilustrar um projeto?

As duas coisas, começou como um estudo com base em um projeto que estava trabalhando e quando mostrei ao cliente ele decidiu pagar por esta imagem.

Utilizou algum plugin, além das ferramentas nativas do SketchUp? Se sim, quais?

Além das ferramentas nativas só RoundCorner e ThruPaint.

Quais foram os critério adotados para a seleção dos carros?

Como inicialmente era um estudo peguei os melhores blocos que tinha na 3D Warehouse para que tivesse menos trabalho em retocar a malha, então não me preocupei muito em ter concordância com o projeto ou outros critérios que deveriam ter neste tipo de cena além da qualidade do bloco.

Em quais sites você costuma buscar componentes?

A 3D Warehouse que é sem dúvidas a melhor alternativa, depois em grupos de redes sociais.

Precisou modelar algum elemento mais complexo nesta cena?

Não, a modelagem deste projeto em específico foi bem simples porque o objetivo inicial nesta cena era um estudo de texturização e ajuste de materiais.

Como fez as faixas e pinturas das vagas no piso?

Primeiro apliquei o material no piso e depois o mesmo material nas faixas  mas de forma projetada, então dupliquei o material pelo Materials do V-Ray e apliquei este novo material somente nas faixas, assim ele mantém o mapeamento que estava no piso para que a textura ficasse na mesma posição, mantive a layer Diffuse original com a textura do piso totalmente transparente para manter o mapeamento e adicionei outra layer Diffuse com a cor desejada, nesta layer usei a textura do piso no mapa de transparências, assim daria esta sensação de desgaste no mesmo local onde o piso tem avarias.

Qual foi sua fonte de texturas? (sites, biblioteca pessoal, entre outros)

Quase todas as texturas eu edito a partir das que pego no texturise.club e no poliigon.com então a biblioteca pessoal já está bem suprida, mas sempre tem aquelas garimpadas nas imagens do Google.

Como foi o processo de iluminação da cena?

Foi uma iluminação bem simples, uma Rectangle light em cada luminária, nos faróis, lanternas e painel da Lamborghini usei IES light, e para finalizar ajuste de F-number, ISO e Shutter speed nas opções de Camera.

Quais foram as edições que realizou na pós-produção?

Neste caso apenas dupliquei a camada e mudei o modo de mesclagem para Sobrepor com 30% opacidade, depois ajustei os Níveis e Saturação.

Quais foram seus principais desafios no desenvolvimento deste projeto?

Demorei a entender que os resultados que eu esperava do material Carpaint estava parte no defeito/detalhe da malha dos blocos, depois de compreender esta relação o desafio foi a modelagem, como fazer estes ajustes na malha parcialmente orgânica dos veículos. O terceiro desafio foi o ajuste fino entre detalhe na malha para gerar o efeito esperado do material do V-Ray sem que deixasse o bloco demasiadamente pesado, apesar de ser uma cena simples estes desafios me ajudaram a compreender a relação entre modelagem e configuração de material, outro desafio/aprendizado foi definir a importância de megabytes para cada bloco.

Qual o tempo estimado que levou para execução de todo trabalho?

Como iniciou de um estudo em uma semana trabalhei algumas horas sem muito foco no tempo, mas acredito que em torno de umas 10 horas até finalizar.

Em sua opinião, quais as principais áreas de conhecimento que um profissional da área deve dominar para se destacar no mercado?

Eu parti do princípio que archviz é um desafio constante, todo projeto traz novidades e com ele novas áreas de conhecimento devem ser agregadas, é um estudo diário da indústria moveleira, arquitetura, design, tecnologia, etc. Este é um mercado efêmero, exige do profissional estar sempre disposto a ter novos produtos para suprir a demanda. Quando comecei a trabalhar bastavam as imagens 3D, hoje há uma imensa gama de produto 3D disponível, como as imagens 360°, vídeos, passeios virtuais, realidade aumentada, Imersão VR e por aí vai, nem bem você domina um software e já deve começar os estudos em outro, e tem mercado para tudo. Na minha opinião, conhecer isso tudo é impossível, então busquei uma forma de focar meus conhecimentos, lógico que devemos ter um conhecimento raso pelo menos de tudo isso, afinal a pergunta sobre novas tecnologias sempre parte do cliente em nossa direção. A minha forma de direcionar o meu foco foi ouvindo meus clientes, então isso fica na demanda deles. No meu nicho de mercado, por exemplo, descobri que necessitava de mais conhecimento de design gráfico do que em novas soluções em 3D, assim hoje não me preocupo tanto em trazer novos produtos, quem determina isso são meus clientes, logo não gasto tempo com tecnologias passageiras e sem demanda para meu nicho, a velha regra do cliente em primeiro lugar funciona!

© 2019 - SketchUp Brasil, todos os direitos reservados
Desenvolvido por Angelo Rocha, criação de sites, temas e plugins para WordPress.