Imagens panorâmicas esféricas podem facilitar muito o nosso trabalho em renderizações de modelagens 3D e quase sempre trazem mais realismo e qualidade aos projetos.

Reportagem e Redação: Allan Rodrigues e Daniel Riglione Reple

Revisão e Edição: Daniel Riglione RepleMarlonn Ferreira Zanela

 

Atualmente, não temos grandes dificuldades em encontrar imagens 360 (imagens panorâmicas onde o campo de visão abrange tudo ao redor de um ponto de interesse) para inserir no Background (BG) em nossos renderizadores ou até mesmo com propriedades High Dynamic Range Image (HDRI), onde podemos colocar como fonte de iluminação global (GI). Apesar desta facilidade, não é com frequência que encontramos uma panorâmica que reproduza a necessidade de uma determinada cena, e acabamos substituindo o BG da imagem renderizada na etapa de pós-produção, o que implica no mesmo impasse anterior, pois continuamos tendo que inserir um BG que combine com a cena, ainda que seja uma fotografia normal (não esférica).

Exemplo de Imagem 360° Panorâmica (esférica)

Imagem obtida de HDRIHAVEN

Execução da mesma imagem em um displayer  (clique e arraste para os lados, para girar a imagem)

 

Encontrar facilmente uma fotografia esférica que não só contribua totalmente com uma cena, mas que até mesmo tenha sido fotografada do próprio local onde o projeto será implantado, possibilita, inclusive, ser renderizada uma imagem de forma acurada e com um apelo realista mais impactante, sem precisar modelar o entorno e todos os seus detalhes. Esta é uma tarefa que pode se tornar simples e possível graças ao Street View Grabber, com ele você vai poder se concentrar apenas na modelagem da edificação que quer mostrar, sem ter que se preocupar com o entorno. Para isso, faça o seguinte:

Baixe o software Street View Grabber, de graça, no seguinte site:

http://www.purebasic.fr/english/viewtopic.php?f=27&t=50248

Em seguida, role a página para baixo e clique no seguinte link para baixar o software.

Uma vez baixado, descompacte (extrair) o software e clique duas vezes em seu ícone (svgrab.exe) para abrir a caixa de diálogo.

Agora faça uma busca no Google Maps do endereço da edificação que está sendo modelada.

Clique em Navegar pelas imagens do Street View.

Navegue pelas imagens até encontrar uma posição que se ajuste melhor à sua cena, então copie o endereço que for gerado na barra do navegador.

Em seguida abra o Street View Grabber e clique em ADD Pano (1), cole o endereço que foi copiado, e na escala superior escolha o nível de qualidade desejada (2). Feito isso, clique em Grab (3) e aguarde a imagem ser gerada.

Perceba que a imagem resultante é esférica e agora pode ser anexada nos parâmetros de Background dos renderizadores.

 

O trabalho pesado e maçante fica por conta do posicionamento da câmera. A qualidade da imagem dependerá, dentre vários outros fatores, da forma que for posicionada a câmera na cena, caso seu renderizador tenha suporte à renderização em tempo real (RT), utilize-a para encaixar a modelagem na imagem de forma que compatibilize os campos de visão, ponto(s) de fuga(s) e enquadramento no local de implantação, de modo que fique quase sem falhas.

Quando navegamos pelo Google Street View notamos que podem haver algumas falhas de emendas, a imagem extraída será igual, desta forma cabe ao usuário, na  pós produção, analisá-las e ajustá-las, se necessário, em um software de edição de imagens. Outras possíveis falhas podem ser, por exemplo, pessoas, veículos, animais, objetos ou vegetação, que ficaram em determinados pontos sem sobreposição ou que não contribuem positivamente à composição do projeto. As correções destas falhas podem se tornar demoradas, pois requerem paciência e técnica para executá-las, porém o trabalho final se torna mais rápido e eficiente que modelar todo o entorno do zero.

Uma outra desvantagem da utilização destas imagens é ter que configurar o BG mais de uma vez no mesmo projeto, pois cada câmera a ser renderizada precisa de compatibilização e em alguns casos requer um BG distinto, o que torna o trabalho um pouco mais dificultoso, mas ainda assim, esta técnica resulta em menos tempo de trabalho do que modelar por completo (mesmo que volumetricamente) o entorno da implantação.

Caso esteja utilizando o V-Ray você pode fazer uso do Wrapper Material aplicado-o a um VrayInfinitePlane para então captar as sombras dos objetos e projetá-las no BG, feito isso é só renderizar e aguardar a imagem final ser gerada. Caso haja necessidade, abra a imagem no editor de sua preferência e dê início a pós-produção, fazendo as correções que forem necessárias. Para ajudar nesta etapa, temos alguns tutoriais de edição de imagens publicados:

https://sketchupbrasil.com/c/blog/pos-producao/

No final você terá um render com apelo realista mais alto com menos trabalho na composição do entorno da sua cena, tornando o trabalho mais profissional, leve e rápido.

Projeto: Arquiteta Katiana Guimarães | Modelagem, Render e Pós-produção: Allan Rodrigues (VizRenders)

 

Vale lembrar que quando executamos qualquer trabalho utilizando imagens obtidas do Street View, assim como do Google Maps, devemos apresentar o conteúdo com os créditos adequados da Google online. Veja mais sobre os Termos de Utilização Adicionais do Google Maps/Google Earth